Reparação de Nervo Lingual

As lesões de nervo lingual não são raras. Na maioria dos casos são decorrentes de traumas durante a extração do terceiro molar o qual, por variação anatômica, se localiza muito próximo à parede interna da mandíbula e, durante a remoção do dente, é muito comum ocorrer acidente e/ou lesão nesse nervo. A taxa de incidência desses acidentes é relativamente baixa (23%) porém, quando ocorrem, os efeitos consistem em perda da sensação gustativa dos alimentos e sensação de língua amortecida. A lesão pode se reverter espontaneamente até 2 meses após a lesão, dependendo do caso. As vezes a lesão pode tornar-se permanente se a recuperação espontânea não ocorrer dentro de até 6 meses, havendo vários tratamentos disponíveis.

O tratamento cirúrgico, mediante exploração do nervo, é uma microcirurgia restaurando a anatomia do nervo afetado. É feita sob anestesia geral com tempo de internação de um dia e os resultados aparecem em média após 6 meses. Como toda cirurgia de nervo periférico, o resultado pode ser parcial ou mesmo não acontecer.